Portal Sal da Terra

Coluna/Opinião

Infelidade conjugal: será que todos os homens são infiéis?

Por causa das ideias feministas, há uma acusação generalizada de que todos os homens são infiéis. Mas, será que isso é verdade?

Infelidade conjugal: será que todos os homens são infiéis?
o repórter.com.br
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Eu, por experiência própria e de vários amigos, inclusive do meu pai, discordo da afirmação de que todos os homens são infiéis, ou que é impossível um homem não trair a sua esposa. 

Nem todos os homens são infiéis e é possível ser casado e não trair, por escolha e não apenas por falta de opção. Qualquer homem, que quiser trair a sua esposa nos dias atuais, consegue, devido à imensa promiscuidade e erotização da nossa sociedade. Alguns, como eu, não o fazem por consideração a Deus, à esposa, aos filhos, aos pais, aos sogros e à sua própria reputação. Casamento não se confunde com conjunção carnal. O sexo é parte do casamento, mas, não é todo o casamento. Todo casamento que tiver como base o sexo irá fracassar, pois, na vida, todos nós, homens e mulheres, por diversos fatores, estamos sujeitos à inatividade sexual. 

A beleza do casamento reside, justamente, no amor sacrificial, onde os cônjuges se comprometem a serem fiéis um ao outro, em quaisquer circunstâncias: riqueza e pobreza; alegria e tristeza; saúde e doença; juventude e velhice, etc. Evidentemente, quando falo de casamento não me refiro a algumas aberrações que aconteciam no passado e ainda acontecem no Oriente, onde as mulheres eram escravas sexuais, não tinham direito a opinião ou à escolha do cônjuge e podiam ser espancadas ou mortas, caso ousassem questionar o marido.

Refiro-me ao casamento cristão, onde o homem ama a sua esposa, a ponto de entregar a sua própria vida por ela; a mulher, por sua vez, submete-se voluntariamente à liderança familiar do marido. Ambos se comprometem a amar e ser exclusivo do seu cônjuge, até que a morte os separe.

 

Deus te abençoe

Pb. Weliano Pires

Comentários:

Veja também