Portal Sal da Terra

Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2024

Notícias Mundo

Venezuela repudia a presença do Comando Sul dos EUA na Guiana e alerta sobre ameaça à 'zona de paz'

Venezuela repudia a presença do Comando Sul dos EUA na Guiana e alerta sobre ameaça à 'zona de paz'
EFE/ Rayner Peña R.
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Após o presidente da Guiana, Irfaan Ali, autorizar a presença do Comando Sul dos Estados Unidos no país, o Ministério das Relações Exteriores da Venezuela denunciou a decisão, classificada pela pasta como “imprudente”. O anúncio, feito nesta quarta-feira, ocorre em meio à disputa territorial de Georgetown com Caracas pelo território de Essequibo.

“A Venezuela denuncia, perante a comunidade internacional e, especificamente, perante à Comunidade de Estados Latino-Americanos e do Caribe (CELAC), a atitude imprudente da Guiana, que, agindo sob o mandato da transnacional estadunidense ExxonMobil, está abrindo a possibilidade de instalação de bases militares por uma potência imperial, ameaçando a zona de paz delineada nessa região”, diz o comunicado.

A pasta também denunciou que essas ações “agravam a disputa territorial”, e ocorrem após o referendo consultivo que a Venezuela realizou no último domingo. Nele, de acordo com números do Conselho Nacional Eleitoral (CNE), 10,4 milhões de pessoas participaram em apoio à anexação do território e criação do estado Guiana Essequiba.

FONTE/CRÉDITOS: Terra Brasil Notícias

Veja também