Portal Sal da Terra

Notícias Mundo

Vazamento de gás tóxico deixa ao menos 13 mortos na Jordânia

Acidente ocorreu em um porto

Vazamento de gás tóxico deixa ao menos 13 mortos na Jordânia
Reprodução/Al Manlaka TV
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Ao menos 13 pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas após o vazamento de um gás tóxico no porto de Aqaba, na Jordânia, nesta segunda-feira (27). O vazamento ocorreu devido a um grande cilindro cair de um guindaste em uma embarcação atracada.

Imagens registradas por uma câmera de segurança mostram quando o guindaste que transportava o cilindro o deixou cair sobre o navio. Após o impacto, uma nuvem amarela se formou imediatamente, enquanto as pessoas tentavam fugir. O cilindro tinha cerca de 25 toneladas.

O gás possui alta concentração de cloro, o que o torna nocivo ao ser humano. O primeiro-ministro jordaniano, Bicher Al-Khasawneh, e seu ministro do Interior, Mazen Al-Faraya, foram até o local.

De acordo com a rede de televisão oficial Al-Mamlaka, os feridos foram levados para dois hospitais públicos, um hospital privado e um hospital de campanha. Jamal Obeidat, diretor de saúde de Aqaba, pontuou o estado crítico os atendimentos, pois “os hospitais de Aqaba estavam saturados e não podiam receber mais feridos”.

Dentre os mortos, oito tinham nacionalidade jordaniana e quatro tinham origem asiática. Ainda não se sabe se as mortes foram causadas diretamente pelo gás ou se foram decorrentes da queda do cilindro.

 

FONTE/CRÉDITOS: Pleno News

Veja também