Portal Sal da Terra

Notícias Política

Defesa e Forças Armadas apresentam notícia-crime contra Ciro Gomes

Em nota conjunta, as instituições criticaram as declarações 'levianas' do pré-candidato do PDT sobre a Amazônia

Defesa e Forças Armadas apresentam notícia-crime contra Ciro Gomes
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O Ministério da Defesa e as Forças Armadas apresentam na quinta-feira 23 à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma notícia-crime contra o pré-candidato do PDT à presidência, Ciro Gomes.

Em nota conjunta, em que anunciam a medida, as instituições criticam o que chamaram de “irresponsáveis declarações”.

Em uma entrevista à rádio CBN, na terça-feira 21, Ciro Gomes disse que as Forças Armadas são coniventes com o crime organizado na Amazônia.

“Tais acusações levianas afetam gravemente a reputação e a dignidade dessas respeitadas instituições”, afirmou o ministério da Defesa em nota.

“Não é admissível, em um estado democrático, que sejam feitas acusações infundadas de crime, sem a necessária identificação da autoria por parte do acusador e sem a devida apresentação de provas, ainda mais quando dirigidas a instituições perenes do Estado brasileiro.”

O pedido de investigação enviado à PGR fala nos supostos crimes de “incitar, publicamente, animosidade entre as Forças Armadas, ou delas contra os poderes constitucionais, as instituições civis ou a sociedade”.

O documento é assinado pelo ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, o comandante da Marinha, o almirante Almir Garnier Santos, o comandante do Exército, o general Marco Antônio Freire Gomes e o tenente-brigadeiro Carlos Almeida Baptista Junior, da Aeronáutica.

O trecho do texto ainda rebate as declarações do pré-candidato, ressaltando que as Forças Armadas atuam na defesa e na proteção da Amazônia e regularmente realiza ações de combate a ilícitos ambientais e transfronteiriços.

FONTE/CRÉDITOS: Revista Oeste

Veja também