Portal Sal da Terra

Notícias Mundo

Aviões de guerra Chineses voltam a sobrevoar Taiwan

Aviões de guerra Chineses voltam a sobrevoar Taiwan
Wirestock/via Freepik
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Nesta quarta-feira (3), aviões de guerra da China voltaram a sobrevoar o espaço aéreo de Taiwan, a informação foi dada pelo governo local.

De acordo com o Ministério da Defesa,“27 aeronaves da Força Aérea chinesa sobrevoaram o espaço aéreo da ilha” e “22 deles cruzaram o Estreito de Taiwan”, o limite da fronteira com o espaço aéreo da China.

Essa é mais uma das respostas de Pequim à visita de Nancy Pelosi, presidente da Câmara americana, que desembarcou na ilha na terça e aumentou a tensão com os Estados Unidos. Essa ação vem um dia após os chineses terem enviado cerca de 30 aviões de guerra para sobrevoar a região na mesma hora em que o avião da americana se aproximava na ilha.

Pela manhã, o governo de Taiwan acusou a China de fazer um bloqueio aeronaval não-oficial ao planejar exercícios militares em torno da ilha. Segundo a agência de notícias oficial, os taiwaneses já estariam negociando com Japão e Filipinas rotas alternativas para furar o bloqueio chinês.

Desde que o avião da deputada pousou em Taiwan, o ministério chinês da Defesa prometeu “ações militares seletivas”, com uma série de manobras militares ao redor da ilha que começarão na quinta-feira, 4, incluindo “o disparo de munições reais de longo alcance” no Estreito de Taiwan, que separa a ilha da China continental.

Entretanto, esse não foi o único posicionamento chinês, o ministério do Comércio anunciou sanções econômicas, incluindo a suspensão da exportação para Taiwan de areia natural, componente chave para a produção de semicondutores, uma das principais exportações da ilha. A administração alfandegária chinesa também cancelou a importação de frutas e alguns peixes de Taiwan.

FONTE/CRÉDITOS: Questione-se.com

Veja também